O que você faz da vida?

Muitas vezes, ao me vender ou contratarem, perguntam o que diabos eu faço da vida. Você é designer, correto? Faz sites! É a afirmação que vem das pessoas.

Nos dias de hoje é muito difícil limitarmos nossa profissão apenas a formação que temos. Por exemplo, passei pelas faculdades de Computação, Comunicação, Design Gráfico. Não sei classificar quais delas exerço. Tudo varia muito em um projeto e meu papel é fazer ele fluir em sua interdisciplinaridade.

A minha especialização são Processos Criativos e assim tenho me denominado: um Consultor Criativo. Meu propósito, o que amo fazer, é pesquisar, fomentar e executar projetos de Estratégias de Marcas. Que tragam representatividade e diversidade. Observar, identificar, mapear as tendências e mentalidades emergentes a fim de gerar insights.

Por que trabalhar Estratégia de Marcas? Para criar valor de longo prazo para o negócio e assim definir uma cultura. Entregar uma proposta de valor a longo prazo que irá reforçar a reputação corporativa, aumentar o valor da marca, entregar propósito diferenciado para o mercado, otimizar investimentos e construir uma cultura “Brand-Driven Business”.

Marcas impactam pessoas, negócios e a sociedade. É necessário que toda marca tenha uma opinião sobre o mundo. Saber que ser neutro é diferente de ser imparcial.

Muitos me perguntam sobre este processo de construção de marca em um projeto. Como ele se dá, quais as ferramentas, passo-a-passo, planejamento, crossmedia, execução. Não existe uma fórmula pronta a se seguir para um projeto de sucesso. Cada projeto tem as suas necessidades, as ferramentas adaptam em seu processo e o foco nem sempre deve ser o resultado e sim a construção de um trabalho consistente e coerente com a realidade (muitas vezes é um tiro no escuro, um dispositivo que perde o controle ao apertamos o gatilho). É aí que mora a magia.

Devemos trabalhar o Design enquanto expressão cultural. Design é empatia. Cria a ponte entre as estratégias e as pessoas em um mundo de atenção fracionada, interrupções simultâneas e hiperestimulação. Esteja pronto para evoluir ou morrer: é preciso repensar, todo santo dia, o papel da marcas e seu propósito.

Pronto para a nova era?

Leave a Comment

© 2017 We Love You